Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \31\UTC 2012

porque é o Chico, porque sou eu. (:

Anúncios

Read Full Post »

na semana em que se inicia a turnê Verdade Uma Ilusão, do novo disco da talentosíssima Marisa Monte, deixo aqui duas de minhas preferidas (que são muitas).

a primeira é a que dá nome ao cd: o que você quer saber de verdade – essa eu conhecia na voz no Arnaldo, mas a Marisa deu toque e a música ficou ainda mais bonita.  confere aí:

a outra é parceria com lindo do Rodrigo Amarante (Los Hermanos).

O que se quer:

ah, deixo aqui meu apelo:

Marisa, venha para Fortaleza!

Read Full Post »

Foi só piscar o olho e eu me apaixonei, enfim.

.Tiê.

– para quem é de Fortaleza, aí vai uma dica: dia 16 de junho tem show da Tiê aqui! a moça se apresentará no Teatro José de Alencar. quando tiver mais informações, posto aqui. e aí, vamos?

Read Full Post »

Read Full Post »

Tenho frases guardadas, que fiquei de dizer quando houvesse sentido.

.Gabito Nunes

Read Full Post »

Repara bem no que não digo.

.Leminski

Read Full Post »

Ela falava de sonhos sem medo de parecer ridícula. Gostava da leveza descompromissada de vez ou outra marcar encontro com seu livro favorito. Colecionava filmes água com açúcar sem se preocupar com o que achavam do seu intelecto. Enquanto todos buscavam o dourado do sol, ela comemorava o cheiro da chuva perfumando a casa. Afinal,era feita de barro, podia ser moldada de acordo com os dias e se o resultado não fosse o esperado, se deixava quebrar e se refazia.

Redescobriu novos sabores nas palavras: tranquilidade, equilíbrio, alegria, palavras conhecidas que agora eram degustadas, lambuzadas, vividas. Descobriu com tristeza pessoas vazias. Não sabia se existia culpa, apenas identificou uma necessidade urgente de atenção, cuidado, tempo. Pois é, a gente precisa dedicar um pouco mais tempo pra um sorriso, um abraço, um conte comigo. Pessoas ficam amargas porque ficam por muito tempo sem experimentar o doce sabor da palavra gentileza. Só consegue ser gentil quem não espera nada em troca.

Estava agora, em um de seus passeios noturnos a conversar com o vento. E quando a noite era só breu, enfeitava os cabelos com estrelas para clarear os pensamentos.

.Renata Fagundes

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: