Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘carpinejar’

Perder tempo é a maior demonstração de afeto. A maior gentileza. (…) O tempo sempre foi algoz dos relacionamentos. Convencionou-se explicar que a paixão é biológica, dura apenas dois anos e o resto da convivência é comodismo. Não é verdade, amor não é intensidade que se extravia na duração. Somente descobriremos a intensidade se permitirmos durar. Se existe disponibilidade para errar e repetir. Quem repete o erro logo se apaixonará pelo defeito mais do que pelo acerto e buscará acertar o erro mais do que confirmar o acerto. Pois errar duas vezes é talento, acertar uma vez é sorte. Acima da obsessão de controlar a rotina e os próximos passos, improvisar para permanecer ao lado da esposa. Interromper o que precisamos para despertar novas necessidades. Intensidade é paciência, é capricho, é não abandonar algo porque não funcionou. É começar a cuidar justamente porque não funcionou. Casais há mais de três décadas juntos perderam tempo. Criaram mais chances do que os demais. Superaram preconceitos. Perdoaram medos. Dobraram o orgulho ao longo das brigas. Dormiram antes de tomar uma decisão. Cederam o que tinham de mais precioso: a chance de outras vidas. Dar uma vida a alguém será sempre maior do que qualquer vida imaginada.

.Fabrício Carpinejar

Read Full Post »

planejar o dia inteiro o que dizer e não falar nenhuma palavra ensaiada durante o encontro; é decorar uma vida sozinha para no fim improvisar a dois.

.Carpinejar  

Read Full Post »

O início da paixão é estratosférico, as pessoas não param quietas exibindo tudo que podem fazer. Depois passam a confessar o que realmente querem. A paixão é mentir tudo o que você não é. O amor é começar a dizer a verdade.

.Fabrício Carpinejar

Read Full Post »

Mãe acredita na nossa mentira mesmo sabendo que não é verdade. Mãe é a única pessoa que nos telefona antes das 8h. Aliás, mãe telefona quando não precisa, telefona para não falar nada. Mãe sempre alcança o que deseja dizendo que é bom para gente. Mãe aprende com os filhos, mas acerta mesmo com os netos. Mãe conserva eternamente o cheiro de hipoglós entre os dedos. Mãe consulta a opinião do pai para fazer tudo diferente. Mãe é competitiva na alegria e na tristeza. Não aceita que alguém seja melhor do que ela. Nem que alguém seja pior do que ela. Mãe não pede desculpa, pede licença para chorar. Vai chorar sempre que você gritar com ela. Vai chorar sempre que você não responder para ela. Vai chorar de qualquer jeito. Mãe é nosso Pen Drive: não consegue colocar fora nem o rascunho do nosso desenho da 2ª série. Mãe espalha notícia sobre a nossa vida antes da confirmação e depois alega que não entende como todo mundo já descobriu. Mãe questiona o que queremos para apoiar no final. Condena primeiro para perdoar em seguida. Mãe tenta evitar ciúme criando segredos entre os irmãos. Mãe constrange com abraços e beijos e apelidos fofos e sonha andar de mãos dadas na rua com o filho na frente de todos. Mãe reclama do filho para o filho e elogia o filho para os outros. Quando alguém parabeniza sua criança, a mãe agradece como se fosse para ela. Mãe não desmancha o quarto do filho adulto esperando que ele volte para casa.

Mãe nunca tem razão, ela é nossa razão para viver.

.Carpinejar

13.05.12. dia das mães.

feliz dia, mães. dia especial, principalmente, para a minha: a dona da delicadeza que me encanta por todas as horas. ♥

Read Full Post »

Educação combina com sensibilidade. Combina com romantismo. Mostra que estamos ouvindo o que está sendo dito. Não é um item repressor. Não traduz falta de liberdade.

É o contrário: os bons modos são revolucionários. Significa respeitar o outro de igual para igual. Significa não dar ordens. Significa intimidade.

.Carpinejar

viveríamos em outro mundo se nossos educadores seguissem esses preceitos. sem mais.

Read Full Post »

Não há quem não feche os olhos ao cantar a música favorita. Não há quem não feche os olhos ao beijar, não há quem não feche os olhos ao abraçar. Fechamos os olhos para garantir a memória da memória. É ali que a vida entra e perdura, naquela escuridão mínima, no avesso das pálpebras.Concentramo-nos para segurar a dispersão, para segurar a barca ao calor do remo. O rosto é uma estrutura perfeita do silêncio. Os cílios se mexem como pedais da memória. Experimenta-se uma vez mais aquilo que não era possível. Viver é boiar, recordar é nadar.

.Fabrício Carpinejar

Read Full Post »

Me arde uma alegria, que não aceita ser felicidade, porque a felicidade é uma palavra muito longa e a alegria tem pressa. Uma alegria de deitar na grama e sentir que está molhada e não se importar com a roupa orvalhada e não se importar com a hora e com os modos, uma alegria que é inocência, mas sem culpa para acabá-la. Uma alegria que é descobrir os objetos no escuro. Uma alegria repentina, que me faz entortar o rosto para rir, que não me faz pôr a mão na boca com medo dos dentes, que me impede de me proteger. Uma alegria como um tapete que fica somente curtido no centro. Uma alegria de ficar com pena dos anjos e de suas asas pesadas como duas montanhas nas costas, suas asas como dois irmãos brigando em dia de chuva. Uma alegria de perceber que quanto mais gasto o tempo com os outros mais sobra para mim. Uma alegria que não volta para a estante porque não saiu de nenhum livro lido. Uma alegria que se antecipa e faz sala ao quarto. E quase me faz acreditar que sou possível.

.Fabrício Carpinejar

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: