Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘lenine’

escrevo hoje para divulgar este disco que estou ouvindo loucamente desde ontem a noite. trata-se de um tributo ao rei do brega, meu querido, Reginaldo Rossi. as músicas foram gravadas por artistas nordestinos – maioria de pernambucanos – e dão nova roupagem as canções de Rossi, com estilos como MPB, ska, rock e manguebeat. nomes como Lenine, Otto, Geraldo Azevedo, Zé Ramalho e Eddie dão voz aos sucessos do brega. confesso que ainda prefiro a versão original de algumas músicas, principalmente daquelas que costumo escutar meu pai ouvir.

salvo engano, o álbum foi lançado em 2000, mas com baixa repercussão. só agora tive a oportunidade de ouvi-lo. vale o download, hein. baixe aqui.

Anúncios

Read Full Post »

♪ Qualquer amor já é
um pouquinho de saúde
um montão de claridade
contribuição pra cura dos problemas da cidade

Qualquer amor que vem
desse vagabundo e bobo
coração atrapalhado
procurando o endereço
de outro coração fechado

Amor é pra quem ama
amor matéria-prima
a chama
o sumo
a soma
o tema

Amor é pra quem vive
amor que não prescreve
eterno
terno
pleno
insano

Luz do sol da noite escura

Qualquer amor já é
um pouquinho de saúde
um descanso na loucura. ♪

.Lenine.

Read Full Post »

♪ Aquilo que dá no coração
E nos joga nessa sinuca
Que faz perder o ar e a razão
E arrepia o pêlo da nuca
Aquilo reage em cadeia
Incendeia o corpo inteiro
Faísca, risca, trisca, arrodeia
Dispara o rito certeiro
Avassalador
Chega sem avisar
Toma de assalto, atropela
Vela de incendiar
Arrebatador
Vem de qualquer lugar
Chega, nem pede licença
Avança sem ponderar ♪

.Lenine.

Read Full Post »

♪ Daqui desse momento
Do meu olhar pra fora
O mundo é só miragem
A sombra do futuro
A sobra do passado
Assombram a paisagem.

Quem vai virar o jogo
E transformar a perda
Em nossa recompensa
Quando eu olhar pro lado
Eu quero estar cercado
Só de quem me interessa. ♪

.Lenine.

Read Full Post »

o que é bonito

♪ eu persigo o que falta
não o que sobra ♪

.Lenine.

Read Full Post »

todos os caminhos

♪ Eu já me perguntei se o tempo poderá realizar
meus sonhos e desejos
será que eu já não sei por onde procurar
ou todos os caminhos dão no mesmo
e o certo é que eu não sei o que virá
só posso te pedir que nunca se leve tão a sério
nunca se deixe levar
que a vida é parte do mistério
é tanta coisa pra se desvendar
Por tudo que eu andei e o tanto que faltar
não dá pra se prever nem o futuro
o escuro que se vê
quem sabe pode iluminar os corações perdidos sobre o muro
e o certo que eu não sei o que virá
só posso te pedir que nunca se leve tão a sério
nunca se deixe levar
que a vida
a nossa vida passa
e não há tempo pra desperdiçar ♪
.Lenine.

Read Full Post »

miedo

♪ Medo de olhar no fundo
Medo de dobrar a esquina
Medo de ficar no escuro
De passar em branco, de cruzar a linha
Medo de se achar sozinho
De perder a rédea, a pose e o prumo
Medo de pedir arrego, medo de vagar sem rumo

Medo estampado na cara ou escondido no porão
O medo circulando nas veias
Ou em rota de colisão
O medo é do Deus ou do demo
É ordem ou é confusão
O medo é medonho, o medo domina
O medo é a medida da indecisão ♪

.Lenine.

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: