Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \27\UTC 2010

 

pelos caminhos que ando
um dia vai ser
só não sei quando

.Paulo Leminski.

Read Full Post »

Acredite em você mesmo, pois é só voce que pode se auto julgar. Ouse, arrisque e nunca se arrependa. Não desista jamais e saiba valorizar quem te ama, esses sim merecem seu respeito. Quanto ao resto, bom, ninguem nunca precisou de restos para ser feliz.


Read Full Post »

Read Full Post »

dar-te-ei

 

♪ Não te darei flores, não te darei, elas murcham, elas morrem
Não te darei presentes, não te darei, pois envelhecem e se desbotam
Não te darei bombons, não te darei, eles acabam, eles derretem
Não te darei festas, não te darei, elas terminam, elas choram, elas se vão

Dar-te-ei finalmente os beijos meus
Deixarei que esses lábios sejam meus, sejam teus.
Esses embalam… esses secam… mas esses ficam.

Não te darei bichinhos, não te darei, pois eles querem, eles comem
Não te darei papeis, não te darei, esses rasgam, esses borram
Não te darei discos, não, eles repetem, eles arranham
Não te darei casacos, não te darei, nem essas coisas que te resgardam e que se vão

Dar-te-ei a mim mesmo agora
E serei mais que alguém que vai correndo pro fim
Esse morre… envelhece… acaba e chora… ama e quer…
desespera esse vai… mas esse volta ♪

.Marcelo Jeneci, Helder Lopes, Verônica Pessoa e José Miguel Wisnik.

Read Full Post »

ah, o amor…

O amor é procurar cabelos para completar as mãos, é procurar o que não se viveu para contar. É esperar o sol aquecer o lado ileso da cama. É não apagar direito a ausência, a letra, o cheiro. É insistir com respostas sem as perguntas. Adiar o amor ainda é cumpri-lo. Fingir que não se sente é exercê-lo. O amor devora os sobreviventes. Não lembra do pente, da navalha, da tesoura de unhas, do jornal, do abajur. O amor não lembra do que precisa. Amor é não precisar de nada. É precisar do que acontece depois do nada, ainda que não aconteça. O amor confunde para se chegar ao mistério. Embaralha para não se ouvir. Perde-se no próprio amor a capacidade de amar. Amor é comer a fruta do chão. O chão da fruta. O amor queima os papéis, os compromissos, os telefones onde havia nomes. O amor não se demora em versos, se demora no assobio do que poderia ser um verso. O amor é uma amizade que não foi compreendida, uma lealdade que foi quebrada. O amor é um desencontro por dentro.

.Carpinejar

 

Read Full Post »

Desejo que o seu melhor sorriso, esse aí tão lindo, aconteça incontáveis vezes pelo caminho. Que cada um deles crie mais espaço em você. Que cada um deles cure um pouco mais o que ainda lhe dói. Que cada um deles cante uma luz que, mesmo que ninguém perceba, amacie um bocadinho as durezas do mundo.

.Ana Jácomo

Read Full Post »

Qual o caminho da gente?
Nem para frente nem para trás: só para cima.
Ou parar curto quieto. Feito os bichos fazem.
Viver… o senhor já sabe: viver é etcétera

.Guimarães Rosa

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: